Sampdorias.

Voltando à História dos shorts, avanço para a década de 90.
Depois de falar dos beckenbauers, produzidos em série de 1975 a 1989, em várias cores e combinações de estampas, tornando-se os shorts mais bem sucedidos fora dos campos e das quadras, a Adidas surge com um novo short: o sampdoria.
A década virou e já não parecia mais tão popular usar shorts tão curtos quando os beckenbauers, então a companhia alemã resolveu lançar um short com pernas mais longas e o modelo foi batizado com o nome do time italiano Sampdoria (não sei bem porquê).

Não que o tamanho das pernas tivesse ficado lá muito diferente de um beckenbauer, não foi uma mudança drástica, apenas deixou o short mais quadrado, como dá pra ver na foto acima. Enquanto os beckenbauers cobriam apenas o pau e até o final da bunda e nada mais, mais parecendo uma cueca brilhante (muito tesão), os sampdorias já desciam um pouco mais até o mio das pernas.
Isso foi o início de uma tendência que levaria aos shorts que temos hoje em dia: cada vez mais longos.

Os sampdorias, mais quadrados, pra nossa felicidade, continuavam brilhantes e macios. O tecido ainda era o mesmo nylon do backenbauers, ou seja, tínhamos mais tecido pra nos esfregarmos!🙂 O bolso traseiro continuava e também o logo antigo da Adidas, trifólio.
A leve mudança que ocorreu, além do tamanho, foi que o cadarço diminui e as três listras laterais da Adidas subiam os lados do calção, mas paravam antes do elástico. No calção seguinte, ainda na década de 90, as listras continuaram até o elástico, mas isso é tema pra outro post.

Claro que na época, acabei não tendo um sampdoria. Eles não foram tão populares como os beckenbauers, que quase todo mundo tinha um. Na época eu me estava me virando com os shorts de tactel e começando a sentir tesão também pelas bermudas de tecido sintético, que também serão tema de outro post.
Hoje em dia, porém, já dono de meu próprio dinheiro, tenho o prazer de ter um sampdoria roxo igual ao da foto e mais um azul marinho, ambos da Adidas. Além de outros de outras marcas que também seguem o modelo sampdoria (alguns até sem a cueca embutida!).
Com a internet, descobri que os caras com tesão por short na Europa e nos EUA também têm vergonha de usar os sampdorias em público e costumam usá-los como cuecas, por debaixo da calça ou bermuda, assim como fazem com os beckenbauers.

Mas isso está mudando aos poucos, como o caso do cara que posta vídeos no YouTube dele passeando de short e usando a piscina com beckenbauers como comentei no último vídeo de Shorts Molhados. Ainda bem!
Como eu já disse aqui, quanto mais a gente voltar a usar shorts assim em público, mais ele vai se tornar aceito, mais vai ser comum ver caras usando roupas brillhantes de novo. Vamos aproveitar que o algodão está caro, como comentei em Jaquetas de nylon, e que as roupas de tecido sintético estão em alta e começar a usar mais shorts assim. Eu faço isso com jaquetas, bermudas e shorts. Tô nem aí. Curto, gosto e uso mesmo.
Afinal, acho que tem que ser assim. Se você acessa esse blog e é leito assíduo, é poque também tem um puta tesão por short e fica de pau duro com as fotos que eu posto aqui, mesmo sem ter nenhuma foto de cara pelado. E, falando a verdade, além das próprias fotos do eBay, de onde você acha que eu consigo essas fotos de caras usando short? Da internet. De outros caras por aí que usam short e que precisam falar do tema, que batem fotos com eles, que curtem. E acho que é assim que tem que ser e o que me leva a ter esse blog, a contar a minha história com os calções e a falar da história dos shorts, que fui descobrindo aos poucos graças ao meu tesão e à minha curiosidade.
Se você curte, participe mais do blog com comentários. E ainda sugiro que crie um perfil no Gear Fetish, pois lá há outros caras que curtem o mesmo. Tipo um Facebook, só que de fetichistas.
Finalizando o tema, como eu comentei, a Adidas criou o padrão e outros shorts seguiram a tendência. O short abaixo é Umbro, mas que tipo de calção o camarada tá usando? Sampdoria. E, aposto que, pelo pau duro no short, deve ser sem sunga embutida.😉

loucos por short – batendo bola

Sobre Short

Sou de São Paulo e sempre tive tesão por calções. Já tentei manter outros blogs sobre o assunto, mas falta tempo e retorno. Mas o tesão volta e preciso falar sobre o assunto, compartilhar, como os que curtem tênis fazem ;) Tenho uma coleção de mais de 80 shorts esportivos e vou trocar uma ideia sobre eles nesse blog.
Esse post foi publicado em História dos Shorts, Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s